"Ciências Sociais e Humanas"

  • BOM NATAL

    Depois do sucesso de «O Nome de Deus é Misericórdia» mais um livro que fala ao coração dos católicos com palavras calorosas e cativantes. Francisco ao assumir...

  • Alex no País dos Números

    A matemática tem muitas vezes má reputação, sendo caracterizada como árida e difícil. Mas, diz Alex Bellos, «a matemática pode ser inspiradora e brilhantemente criativa. O pensamento matemático é um...

  • Todas as Crianças Podem Ser Einstein

    Não aprendemos porque somos inteligentes, somos inteligentes porque aprendemos. Albert Einstein só aprendeu a ler aos sete anos. A sua professora classificou-o como «lerdo de morte». Só à custa de muito sangue, suor e...

  • À Rasca – Retrato de Uma Geração – Booket

    Eles não são invisíveis. Eles são a geração, entre os 18 e os 39 anos, mais bem preparada e educada de Portugal. Não desenham um projecto pessoal, porque sabem que...

  • Só Amor não Basta?

    A mãe tem de ser sempre boa? Haverá mimo a mais? Primeiro a mãe e depois o pai? Os avós podem «estragar» os netos? As crianças podem dormir com os...

  • História da Filosofia Sem Medo Nem Pavor

    Ao ouvir falar de filosofia, muitas pessoas assustam-se, e algumas começam logo a tremer: a filosofia? O que é isso? De certeza que não é para mim! Estão errados, porque...

  • O Paradoxo Sexual

    Após quatro décadas de erradicação das barreiras sexuais a nível laboral e social, por que razão continuam os homens a dominar os cargos de topo, políticos, administrativos… além de serem...

  • O Palestiniano

    Armado com uma câmara oculta e sob a identidade de Muhammad Abdallah, um muçulmano nascido na Venezuela e com raízes palestinianas, o autor viverá de muito perto os atentados suicidas...

  • Segredos de O Símbolo Perdido

    Segredos de O Símbolo Perdido é uma longa visita, guiada por especialistas de renome, às muitas ideias provocantes suscitadas por O Símbolo Perdido. A sequela de O Código Da Vinci,...

  • O Crash de 2010

    Santiago Niño Becerra mantém o que disse em 2006. O economista defende que esta crise é sistémica, que os verdadeiros só se sentirão a partir de 2010, serão profundos e...